CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

sábado, 9 de junho de 2007

DERCY GONÇALVES
UM SÉCULO DE TRAVESSURAS
.
.

Que mulher é essa...

Que tem a alegria de viver quando muitos já perderam todas as esperanças?

Que acredita na vida, no ser humano, no trabalho, enquanto tantos jovens já estão cansados?

Que desafia os ponteiros implacáveis do tempo com tão bom humor?


Dolores Costa Gonçalves completa 100 anos no próximo dia 23 de junho. Uma mulher que traz nas veias o humor popular que a consagrou e a tornou a primeira dama da comédia brasileira.
Abusada, Dercy nunca teve papas na língua. Sempre disse o que quis e nunca deixou o público sem resposta para nada, ainda que o tema fosse sua vida pessoal e afetiva.
.
.
Dercy participou do auge do teatro de revista brasileiro nos anos 30 e 40. No cinema colecionou vários sucessos como: "Minervina Vem Aí", "Dona Violante Miranda" e "Cala a Boca, Etelvina", todos de 1960.
Na televisão participou das novelas "Cavalo Amarelo" (1980), "Dulcinéia Vai à Guerra" (1981) e "Deus nos Acuda" (1992), além de uma participação muito especial na novela "Que Rei sou Eu?" (1989) e da minissérie "La Mamma" (1990).

.
Frases ditas por Dercy em diversas entrevistas publicadas em revistas e mostradas na TV.

"Eu sou uma escola de irreverência"

"A minha vida inteira disseram que eu era puta e eu nunca fui"
.
(sobre a primeira e traumática experiência sexual)
"Ele veio me enfiando aquela merda...eu achei que fosse um facão...dei um chute nele que nós fomos parar na polícia"

(sobre as diversas doenças que já teve)
"Eu já tirei mais da metade do estômago, um ovário, tive câncer, turbeculose...eu já não tenho mais nada lá dentro"

(sobre Boni)
"Eu sempre te amei. Falaram que você era meu amante. Pena não ter sido porque eu te comia bem comido!"

(sobre a alimentação)
"Eu como feijoada com carne de porco de madrugada"

"O que falta nos políticos não é nem honestidade, é vergonha na cara"

(sobre a única experiência com uma pombagira)
"Eles me levaram para um cemitério de madrugada para ver essa mulher. Ela apareceu, botou a mão na cintura e começou a gritar: "quê.. quê.. quê.. quê..", depois olhou pra mim e disse: "Não gosto de você". Eu olhei pra ela e falei: "Vai tomar no cu". Ela sumiu..."
.
(sobre projetos de vida ainda aos 80 anos)
"Eu vou chegar aos 100 anos"
.
E chegou mesmo! Parabéns, Dercy! Você é nossa estrela maior!


Guilherme Staush
.
.

VÍDEOS

No programa "Boa Noite Brasil" (2005), comandado por Gilberto Barros - BAND.
.
Dercy fala de política, sobre a primeira relação sexual e responde às perguntas indiscretas do público.
.
.
.
No programa "Hebe" (2006) - SBT
.
Hebe relembra grandes momentos de Dercy em seus programas no SBT.
.
.
.
.
Fonte: IMDB e Wikipédia
.

Nenhum comentário: