CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

TRILHAS


CIRANDA DE PEDRA
(Somlivre - 1981)


A trilha de "Ciranda de Pedra" é uma das poucas em que a inscrição "trilha sonora original" na capa do disco tem mesmo razão de ser, pois as canções foram especialmente compostas para a trilha. Ao contrário de muitas trilhas, que mesmo trazendo tal inscrição, de original mesmo, só tiveram a capa.

O disco traz doze versões de clássicos da música internacional, que na trilha, foram especialmente gravados por cantores da MPB, sendo que a maioria das versões foram feitas pelo compositor Haroldo Barbosa. Das doze faixas que compõem o disco, nove são gravações inéditas.

O disco abre com Sandrá de Sá (na época apenas Sandra Sá) cantando a versão do clássico "Mona Lisa", com um belíssimo arranjo que casa perfeitamente com a voz da cantora.

"Eu Vou ter Sempre Você", gravada por Antonio Marcos, versão de "You'll Never Know" é um dos grands destaques do disco, que não traz só canções extremamante românticas e melancólicas, mas também músicas com ritmos mais swingados e dançantes, como o delicioso bolero "Frenesi", gravado por Maria Creuza e "Quantas São" (Jingle, Jangle, Jingle), com o grupo Santa Cruz.

Grandes cantores da MPB estão presentes na trilha: Nara Leão aparece com a simpática "Trevo de 4 Folhas", tema de Virgínia (Lucélia Santos); Gal Costa se faz presente com "Dez Anos" (Diez Años), música extraída do disco Gal Tropical; João Gilberto canta o tema do Dr. Daniel (Armando Bógus), a deliciosa "The Trolley Song", retirada de seu LP "João Gilberto no México", de 1973.

O disco traz ainda "Serenata ao Luar", versão do clássico "Moonlight Serenade", gravado com um belíssimo arranjo vocal do grupo Pholhas; a linda canção "Coquetel para Dois" (Cocktail for Two), gravada por Ronnie Von e "Céu cor-de-rosa" (Indian Summer), o tema de abertura na voz do Quarteto em Cy.

Para fechar o disco, duas grandes surpresas: "Serenata", com Cauby Peixoto, dando uma belíssima interpretação com um magnífico arranjo para uma composição de Schubert e "Dançando com Lágrimas nos Olhos" (Dancing with Tears in My Eyes), divinamente interpretada por Altemar Dutra.

A trilha de "Ciranda de Pedra" tem uma excelente seleção de repertório, com interpretações que não deixam nada a desejar, mesmo se comparadas aos intérpretes originais das canções, com a qualidade de arranjos impecáveis, que conseguiram imprimir a dose exata de emoção às cenas da novela, remetendo os telespectadores aos anos 40, desta que foi uma das melhores novelas de época do horário das 6.

"Ciranda de Pedra" é uma trilha indispensável aos colecionadores de trilhas de novelas. É um grande exemplo de como uma trilha sonora deve ser produzida. Mais do que isso, é uma das melhores trilhas sonoras de novela de todos os tempos!


Guilherme Staush


Foto: Mercado Livre


Nenhum comentário: