CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

ESTRELAS
.
.LÍLIA CABRAL
. .
Quem viu a estréia da atriz Lília Cabral na novela "Corpo a Corpo", em 1984, provavelmente não esperaria que aquela atriz com modo de representar tão simples, alta, extremamente magra, e de voz esganiçada, pudesse um dia ser reconhecida como uma das melhores atrizes do Brasil.
.
Graças ao talento de Lilia e daqueles que souberam reconhecê-lo, ela teve a oportunidade de mostrar diversos tipos ao longo de seus 24 anos de televisão, desde a espivitada Meggie de "Corpo a Corpo", passando pela vilã Marta de "Páginas da Vida" (2006), até a sua atual personagem na novela "A Favorita", a reprimida e sofredora Catarina.
.
.
.
VÍDEO
.
Confira a trajetória de Lília Cabral na televisão e suas participações em diversas novelas.
.
video

2 comentários:

Narciso disse...

De todas essas personagens a Sheila de "História de Amor" foi a que mais me cativou. Apesar de ser a antagonista da história, o Manoel Carlos nunca faz vilãs diabólicas como o Gilberto Braga e o Sílvio de Abreu. As "vilãs" do Manoel Carlos são, muitas vezes, apaixonantes (Branca Letícia, Laura Trajano, Sandra). Sheila foi show de bola. Torci por ela até o fim. E as cenas de dor profunda ao som de "Run Baby Run" da Sheryl Crow? Inesquecíveis!

Em contraponto, a mais ordinária de todas foi a perua Simone, de "Pa´tria Minha". Não era vilã mas era detestável.

Blogger disse...

Eu preferi a Marta de "Páginas da vida"

Segundo o imdb ela participou antes de "Corpo a Corpo" em "Os Adolescentes", "Imigrantes" e "Imigrantes - 3ª geração"