CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

1990
.
ESPECIAL











No dia 3 de dezembro de 1990 foi ao ar o primeiro capítulo da novela "Lua Cheia de Amor". Inspirada em "Dona Xepa", obra teatral de Pedro Bloch, a história central já era conhecida pelo grande público. A novela homônima foi um grande sucesso em 1977, tendo Yara Côrtes no papel central.

Escrita por Ana Maria Moretzsohn, Ricardo Linhares e Maria Carmem Barbosa, "Lua Cheia de Amor" teve como protagonista a atriz Marília Pêra, que viveu Genu, uma simpática camelô que não media esforços para dar tudo do bom e do melhor aos dois filhos: o inseguro Rodrigo (Roberto Bataglin) e a ambiciosa Mercedes (Isabela Garcia).

Genu não teve a oportunidade de estudar, por isso mesmo tem um vocabulário todo próprio para se expressar, fato que envergonha seus dois filhos. Foi abandonada pelo marido, Diego (Francisco Cuoco), que fugiu logo depois que perdeu a loja de louças que os dois tinham em uma aposta de jogo. Mas Genu nunca deixou nada faltar aos filhos, ainda que levando uma vida modesta. Generosa e honesta ao extremo, era uma verdadeira lição de vida a todos que se aproximavam dela. Uma mulher batalhadora e com um grande coração, um coração do tamanho de uma lua, uma lua cheia de amor!

Se, por um lado, a novela não agradou o grande público, e não repetiu o sucesso de Dona Xepa, pelo menos brindou os telespectadores com uma das personagens cômicas mais interessantes da nossa teledramaturgia, a alpinista social Kika Jordão, interpretada com maestria por Arlete Salles, que roubou todas as cenas da novela. Sua luta incansável por se aproximar da socialite Laís Souto Maia (Susana Vieira) rendeu os melhores momentos da novela. Seu bordão "translumbrante, fofa!" caiu no gosto nacional. A personagem foi tão amada pelo público, que os autores acabaram permitindo que Kika conseguisse entrar de vez "pelas portas douradas da sociedade", e virasse amiga de sua musa, sua "irmã siamesa", Laís Souto Maia. Diferentemente do que aconteceu com a personagem Glorita, vivida por Ana Lúcia Torre, na versão de Dona Xepa de 77.

Destaque também para Isabela Garcia, que depois de viver muitas personagens doces nas novelas, mostrou muito talento ao interpretar a ambiciosa Mercedes.

Brilharam também: Drica Moraes, interpretando a cleptomaníaca Isabela; Lú Mendonça, como Zeli, a amiga de todas as horas de Genu, e Geraldo Del Rey, que viveu Túlio, o grande amigo que nutria uma paixão platônica pela camelô.

por Guilherme Staush
.
.
.
MATÉRIAS

Revista Amiga (1990)


Quem é quem na novela


.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Primeiros momentos da novela





.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
..
.
VÍDEOS
.
O Memória da TV postou o primeiro capítulo, na íntegra, da novela "Lua Cheia de Amor" em seu canal, no You Tube. CLIQUE AQUI para conferir!
.
.

Nenhum comentário: