CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

sábado, 7 de novembro de 2009

Morre, aos 89 anos, o cineasta Anselmo Duarte.
.

SÃO PAULO e RIO - Morreu na madrugada deste sábado, à 1h30m, o cineasta Anselmo Duarte, de 89 anos, após ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico. Ele estava internado há 15 dias no Hospital das Clínicas de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde do cineasta era gravíssimo. Duarte foi o único brasileiro a ganhar o prêmio máximo do Festival de Cannes, a Palma de Ouro. Feito realizado em 1962, com "O pagador de promessas" e até hoje nunca repetido por nenhum brasileiro.

Duarte será enterrado no domingo em Salto, a 105 quilômetros de São Paulo, cidade onde ele nasceu. O sepultamento está marcado para ocorrer às 10h no Cemitério da Saudade. O velório acontece neste sábado, na Assembléia Legislativa de São Paulo.
.
Anselmo Duarte estreou como cineasta em 1957, em "Absolutamente certo", filme do qual também era o ator principal. Com toques do neorrealismo italiano, a comédia satirizava os programas de perguntas e respostas muito populares na televisão da época. O personagem de Duarte sabia de cor o catálogo telefõnico de São Paulo e dava os números de todos os assinantes da lista. "O pagador de promessas" ganhou a Palma de Ouro em Cannes em 1962. No ano seguinte, o filme foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro (perdeu para o francês "Les dimanches de Ville d'Avray", de Serge Bourguignon).
.
Os filmes seguintes de Anselmo Duarte não tiveram a mesma repercussão do "Pagador..." junto ao público e à crítica, com uma única exceção: "Quelé do Pajeú", de 1969, que trazia no elenco duas superestrelas da televisão (Tarcísio Meira e Elisângela), foi um grande sucesso de bilheteria. "Vereda da salvação", de 1964, "Um certo capitão Rodrigo", de 1971, "O descarte", de 1973, e "O crime do Zé Birgorna", de 1977, foram pouco vistos e, para muitos críticos de hoje, pouco compreendidos.
.
Em 1949, Anselmo casou-se com a atriz Ilka Soares, com quem teve dois filhos, Anselmo Duarte Jr. e Lídia. O casamento durou até 1956. Ele ainda teve um terceiro filho, Ricardo.
.
Fonte: O Globo
.

Nenhum comentário: