CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

NAMORO NA TV FLERTA COM A BOA AUDIÊNCIA.



Por: Ulisses Matos e Cíntia Parcias
Jornal do Brasil - 05/11/2000

.
A televisão já transformou a busca pelo companheiro ideal em bons índices de audiência. Apesar dos objetivos comerciais dos programas que promovem o encontro de novos casais, os diretores das atrações fazem questão de ressaltar que na TV os candidatos são autênticos em dizer o que procuram nos parceiros. Mesmo que algumas pesquisas mostrem que os casais que realmente vingam se conheceram no ambiente de trabalho, em festas ou foram apresentados por amigos, mostrar a cara na TV pode ser uma garantia de que a relação é para ser séria. Como se o público fosse testemunha da união.

"Antes de fazer o programa, achava que era tudo mentira. Mas depois vi os candidatos dizerem que fora da TV ninguém queria nada sério", conta Alberto Luís, ex-diretor do Namoro na TV e último nome a comandar o Em nome do amor, ambos do SBT.


Depois de acompanhar solitários por 18 anos na televisão, Alberto detectou diferenças entre os desejos dos homens e os das mulheres.


"Mudaram as gírias, mas os comportamentos são os mesmos. As mulheres sempre querem alguém sincero, honesto e trabalhador. Os homens dizem que ela tem que ser gata e que não o traia", compara. O que confirma a atitude fora das telinhas, onde os homens consideram a beleza um fator essencial para o par ideal.


O público mais moderninho, que se inscreve na paquera televisiva do Interligado - programa apresentado por Fabiana Saba, na Rede TV! -, segue a tendência dos participantes do programa do SBT. Os rapazes se preocupam com a aparência, enquanto as moças vão mais fundo na análise dos currículos. "Eles costumam pedir candidatas fisicamente bonitas, acrescentando que não podem ser ciumentas", revela o diretor do programa, Ariel Jacobowitz. "Elas procuram alguém sincero, que não minta e não as engane. E na hora de escolher um dos candidatos, acabam ficando com aqueles que leram um poema ou lhe cantaram uma música." Seguem a eterna busca pelo amor romântico...


O mais novo dos programas que mostram gente que quer mais do que um programinha é o Fica comigo, da MTV, que estreou em setembro. Apesar de o título da atração lembrar relacionamentos de uma só noite, a coisa entre os jovens candidatos também é séria. "Nossa proposta é resolver a questão emocional da audiência. Como o público principal tem entre 15 e 29 anos e é restrito à classe AB, nossa amostragem é muita pequena", diz o diretor Ric Ostrower.


Ainda assim, Ric já consegue fazer um rápido perfil dos candidatos masculinos. "Todos se sentem solitários e acham difícil encontrar um relacionamento sério. Eles procuram uma companheira amiga e que tenha uma certa dose de ciúme, mas que não chegue a pegar no pé", analisa.
.
.

Nenhum comentário: