CANAL MEMÓRIA DA TV (escolha uma atração para assistir)

CONTROLE REMOTO (especial) - TÚNEL DO TEMPO

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009


.
.
.
.
.
.
Estúpido Cupido - Final Colorido

Vídeo e comentário: hcl chicago

Cenas finais em cores da novela Estúpido Cupido (1976), escrita por Mário Prata, com direção de Régis Cardoso (Rede Globo - 19 horas)
.
.
Estúpido Cupido foi o último programa produzido em preto e branco para a televisão brasileira, mas teve os seus últimos dois capítulos em cores, em perfeita sintonia com a trama; a novela se passava no passado, no início dos anos 60, mas seus últimos dois capítulos pulavam para os dias atuais da época, 1977.
.
O personagem de Ricardo Blat, João, era o alter ego do autor, e no final da novela, já um escritor e jornalista, estreava na televisão como autor de uma novela, também chamada de Estúpido Cupido, baseada em suas memórias de juventude, assim como foi para Mário Prata. Assim, a novela terminava genialmente com uma ficção dentro de uma ficção, sendo a última cena a realidade final da produção da própria novela Estúpido Cupido.
.
Mederiquis (Ney Latorraca), agora adulto e ator de teatro, assiste a novela com seu produtor (Carlos Kroeber) e um jovem. As cenas anteriores indicavam discretamente que esse era o namorado de Mederiquis, uma alusão velada devido à censura da época.
.
Na cena incial, enquanto os personagens esperam a estreia da novela de João, eles se referem à um desenho que não acaba nunca. Na época, entre a novela das 6 e das 7 se passavam curtos desenhos animados da dupla Tom & Jerry.
.

Veja online

Nenhum comentário: